sábado, 10 de dezembro de 2016

A Importância das Auditorias Internas

A implantação de um Sistema de Gestão por uma empresa, de forma geral, visa assegurar a sua capacidade (seja na fabricação de um produto ou na prestação de um serviço) em alcançar os seus objetivos. Essa capacidade só será garantida se a empresa em questão dispuser das condições técnicas e organizacionais para tal.
Para que haja atendimento pleno das exigências e/ou requisitos, dentro de um certo prazo a preço razoável, todos os setores/pessoas da empresa devem cooperar. A melhor maneira de se gerenciar uma organização é, sem dúvida, com enfoque sistêmico, pois a análise dos sistemas a trata como um conjunto de elementos em contínua interação.
Quando todos os departamentos são coordenados adequadamente em busca do objetivo comum à empresa, obtém-se a eficácia destes departamentos. Todos são importantes.
Não basta instituir-se uma estratégia para o Sistema de Gestão e formalizá-la, se no próprio contexto do Sistema em implantação não há um mecanismo de acompanhamento e fiscalização do cumprimento dos requisitos estabelecidos.
É importante verificar se esses requisitos estão sendo cumpridos como foi estabelecido no Sistema e se os seus dispositivos são, realmente, adequados aos objetivos.
É justamente devido à importância deste mecanismo de retroalimentação, que existe no Sistema de Gestão o requisito denominado “Auditoria Interna”.
A Auditoria Interna pode ser conceituada como uma atividade formal e documentada, executada por pessoal habilitado, que seja imparcial em relação à atividade em avaliação, e que se utiliza de métodos de coleta de informações baseadas em evidências objetivas e imparciais e fornece subsídios para a verificação da eficácia do Sistema de Gestão da organização.
A norma ISO-19011 define auditoria como sendo um “processo sistemático, documentado e independente, para obter evidências de auditoria e avaliá-las objetivamente para determinar a extensão na qual os critérios de auditoria são atendidos”.
A norma ISO-19011 fornece diretrizes para a realização de auditorias em sistemas de gestão de um modo geral, inclusive auditorias de organismos de certificação. Pela nossa experiência, as auditorias internas costumam ser um pouco mais simplificadas ou menos formais, principalmente em pequenas e médias organizações. 

0 comentários:

Postar um comentário